707 25 25 25
Fotorejuvenescimento IPL

O que é?

O Fotorejuvenescimento IPL é um procedimento não invasivo, que utiliza a Luz Pulsada para melhorar, de forma substancial, a qualidade da pele. A Luz Pulsada estimula a formação de novas células de colagénio que compõem as fibras elásticas da derme, removendo simultaneamente o pigmento da pele. O resultado é uma melhoria do aspeto e da elasticidade da pele, uma pele mais uniforme, com uma tez mais clara e rejuvenescida, com redução dos sinais de envelhecimento, sem manchas e com mais luminosidade.

Este tratamento também pode ser realizado em áreas como o pescoço, decote e mãos. E uma vez que o feixe de luz pulsada tem também afinidade pela oxihemoglobina, permite ainda tratar lesões vasculares do rosto como rosácea, flushing facial, aranhas vasculares, eritrose facial ou do decote, couperouse e outras perturbações vasculares benignas da pele.

Como funciona?

É uma técnica não-invasiva que consiste na exposição da pele à Luz Pulsada. O paciente pode sentir uma sensação de calor leve a moderada, no entanto, a luz emitida não é prejudicial para as restantes estruturas.

Quem é candidato?

São candidatos para realização de Fotorejuvenescimento IPL, todos os pacientes que apresentem sinais de fotoenvelhecimento, manchas, lentigos, efélides, poiquilodermia, rosácea, flushing facial, aranhas vasculares, eritrose facial ou do decote, couperouse entre outras.

Cuidados antes e após:

Antes da realização do tratamento, deve ser feita uma Limpeza de Pele e uma preparação da mesma com a utilização domiciliar de produtos específicos, recomendados pelos nossos profissionais. É importante evitar a exposição solar pelo menos 3 a 4 semanas antes da realização do seu Fotorejuvenescimento IPL e a pele não deve estar bronzeada. O tratamento com IPL pode ser combinado com outras técnicas (por exemplo, peeling químico) para optimização de resultados.

Após o IPL, é obrigatória a utilização de protetor solar e o paciente deverá evitar a exposição solar nos dias seguintes.

Resultados:

O número de sessões  e os resultados variam consoante a indicação clínica de cada paciente. Geralmente são realizadas 3 a 4 sessões com intervalos de 1 mês entre sessões. Os resultados começam a ser visíveis logo após a primeira sessão.