707 25 25 25
Periodontologia

O tratamento periodontal é um tratamento conservador que visa a descontaminação e manutenção da saúde dos tecidos periodontais.

O que são os tecidos periodontais?

O dente está fixo aos maxilares devido ao suporte garantido por um conjunto de tecidos – os tecidos periodontais – dos quais fazem parte o osso alveolar, o cemento radicular, a gengiva e o ligamento periodontal.

O que acontece quando estes tecidos se deterioram e qual a causa?

A maior parte dos dentes, hoje em dia, são perdidos pela destruição dos tecidos periodontais causada, na maior parte dos casos, por higiene oral inadequada, pela diabetes e pelo tabaco. Antes de serem perdidos, os dentes ganham mobilidade progressivamente.

Qual o objetivo do tratamento periodontal?

O tratamento periodontal é um tratamento conservador que visa a descontaminação e manutenção da saúde dos tecidos periodontais, conservando os dentes naturais o máximo de tempo possível.

Em que consiste o tratamento periodontal?

Do tratamento periodontal fazem parte integrante as consultas regulares de higiene oral, na qual o doente é instruído e motivado a realizar uma higienização dos dentes e dos tecidos periodontais correta e a limpeza em profundidade das localizações circunjacentes aos dentes com bolsas periodontais. Estas são espaços virtuais profundos entre a gengiva e os dentes onde as bactérias estão protegidas e prosseguem o processo destrutivo dos tecidos periodontais até à perda do dente, em última instância. Estas bolsas periodontais podem ser descontaminadas durante o tratamento, travando a progressão da doença.

Como se consegue descontaminar as bolsas profundas entre o dente e a gengiva?

O dente é descontaminado através da eliminação mecânica das bactérias com instrumentos próprios, com ou sem cirurgia. Este tratamento pode ser acompanhado da toma de antibióticos.

Em que consiste o tratamento periodontal cirúrgico?

O tratamento periodontal cirúrgico consiste na remoção dos tecidos periodontais infetados e promoção da sua regeneração com uma arquitetura de tecidos favorável à manutenção da sua saúde.

Devo suspeitar que sou doente periodontal? Porquê?

Apesar de, frequentemente, as doenças periodontais não causarem dor, os indicadores da presença deste processo destrutivo são muitos; a mobilidade dos dentes, a hemorragia durante a escovagem, o aparente aumento de tamanho dos dentes devido à perda de gengiva bem como o mau hálito são sinais de alarme para a doença periodontal.

A doença periodontal pode causar ou agravar outras doenças? Quais?

Sim. As bactérias associadas à doença periodontal causam reações inflamatórias que fazem com que esta doença se constitua enquanto fator de risco para o desencadear e agravamento da diabetes, osteoporose, aterosclerose e outras doenças cardiovasculares. Podem ainda contribuir para a ocorrência em grávidas de abortos espontâneos e de partos prematuros.

Estou grávida. Posso efetuar tratamentos periodontais?

As grávidas estão sujeitas a alterações hormonais que precipitam um desenvolvimento agressivo das bactérias. Estas bactérias deverão ser meticulosamente eliminadas nesta fase através de adequado tratamento periodontal, sob pena de acelerar irremediavelmente o processo de perda dos dentes. Adicionalmente, as grávidas com doença periodontal ativa têm uma incidência aumentada de abortos espontâneos e de partos prematuros.

Depois de tratada a doença periodontal, é possível recuperar os tecidos periodontais entretanto perdidos?

Depois de controlada a destruição dos tecidos periodontais, o tratamento entra numa fase de regeneração. Uma das sequelas da doença periodontal é a alteração do contorno das gengivas. Em casos pouco avançados de destruição, é possível regenerar os tecidos periodontais perdidos recorrendo a materiais de regeneração e técnicas cirúrgicas.